terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

Vou comprar idéias...

A carta debaixo da manga
é um banho bem demorado.
Talvez um sono profundo,
um sonho não acordado,
resolveria tanta ansiedade.
O banho resolve metade dos problemas.
Ligue o chuveiro morno,
mantenha o corpo ereto,
deixe escorrer bastante água,
da cabeça aos pés.
Quando sair de casa,
as idéias encavalam,
feito pedras quando rolam ladeira.
Intenso fluxo de pensamentos,
e uma grande necessidade de realização.
Queria um ouvido que não fosse meu
disposto a ouvir 24hr por dia.
Ah! e que pudesse também não dormir,
ficasse por conta de não perder nadinha...
Afinal de contas,
no mundo de hoje,
até "tempo é dinheiro".

4 comentários:

Criiis ;) disse...

Ah, nada como um banho né.. quando eu era criança, tomava banho pra poder chorar escondida... isso lavava a alma!
E com certeza, hj tempo é dinheiro, muito dinheiro!

Obrigada pela visita, gostei daqui!
Vou vir aqui mais vezes tb!
beijos!!!

Tiago Abreu disse...

como é que é isso aí das idéias com as "rolling stones" ladeira abaixo.
"how was it feel to be on your own?"
pois é Maria, a vida é descartável, mas não reciclável, no ponto de vista da máquina.
estamos fritos! o trabalho é o óleo de fritar e ainda é a panela; e o tempo é o fogo. restamos fritos!

SAMANTHA ABREU disse...

que delicia!
deu pra ter a sensação da alma lavada....
;D


obrigada pela visita, pelos elogios!

Um beijO!

Alê disse...

e, bravo!