quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

Gangorra

nenhum fim está mais perto
que o recomeço
noites de choro
reza arrogante
malas prontas
orgulho ferido
nenhum fim está mais perto
que o recomeço
emoção renovada
fé concertada
planos pra viagem
amor prometido

Um comentário:

Tiago Abreu disse...

o alfa e o ômega nunca estiveram tão próximos...
você me lembra a delicadeza da escrita de adélia prado...
um novo começo...
...depois de tempos de estio vem a chuva tão desejado a molhar nossa lembrança... better days...
te amo princesa estou do seu lado